4 dicas de como montar um canteiro de obras

  1. Início
  2. Boas práticas
  3. 4 dicas de como montar um canteiro de obras
[rock-convert-pdf id=”124″]

O primeiro passo para iniciar uma obra sem que haja desperdício de tempo, perdas de materiais, falta de qualidade nos serviços finais e defeitos de execução, é definir um espaço físico para operar a construção. Em seguida, deve-se descobrir como montar um canteiro de obras ou a frente de trabalho.

O canteiro de obras é uma área permanente e temporária, onde ocorrerão as vivências e procedimentos para desenvolver métodos de suporte e execução de uma obra. A organização disso deve visar a potencialização da eficiência dos trabalhos da construção e garantir conforto e segurança para a equipe envolvida.

Enquanto isso, a frente de trabalho é uma área móvel e temporária, onde se desenvolvem as operações apoio, execução, demolição e reparo de uma obra. Ambos com o mesmo objetivo.

Então, quer descobrir como montar um canteiro de obras para garantir eficiência na construção? Conheça nossas dicas!

1. Ter um bom planejamento

O engenheiro responsável pela coordenação do canteiro de obras deve se certificar que materiais e insumos não permaneçam muito tempo estocados. Isso poderia causar invalidar a qualidade dos produtos, causar perda de tempo e até a impossibilidade de execução do serviço.

Então, o planejamento deve garantir que esses itens cheguem em quantidade e tempo certos para, posteriormente, serem levados diretamente ao local onde serão utilizados. Para isso, desenhar o seu terreno e o local em que será construída a casa, junto com as definições de entrada e saída dos veículos para descarregamento e armazenamento, é fundamental.

2. Entender sobre a NR 18

A Norma Regulamentadora 18 visa o estabelecimento das diretrizes e exigências para organização de um canteiro. Contudo, na maioria dos casos, essas orientações são deixadas para o momento em que os trabalhadores e insumos chegam na obra, o que pode resultar em confusão e retrabalho. Além do mais, há um maior risco de acidentes, danos e perdas dos equipamentos.

Desse modo, para evitar esse tipo de situação, é importante ficar de olho nas orientações para não esquecer de nada ao planejar um canteiro de obras.

3. Entender sobre os elementos que devem ser contidos em um canteiro de obras

Isso significa que é importante que o canteiro de obras foque em torná-lo mais ágil para eliminar o ócio, reduzir o desperdício, o tempo gasto com transportes de materiais etc. Isso tudo sem desconsiderar também a segurança.

Dentro dessa ideia geral, podemos ter no projeto:

  • tapume para impedir ou dificultar a entrada de estranhos e a saída indevida de materiais\equipamentos importantes;
  • almoxarifado para guardar os materiais e controlar sua distribuição;
  • obras maiores devem contar um escritório para o trabalho administrativo e controle técnico;
  • sanitário para as necessidades fisiológicas e de banho pessoal aos trabalhadores do canteiro;
  • casa de vigia para segurança da obra;
  • etc.

4. Apostar na inovação e na tecnologia

Ao implementar a tecnologia em processos como esses é possível melhorar o acompanhamento das atividades e ainda ter informações essenciais sobre produtividade das máquinas e equipes. Assim, o cumprimento do contrato e a execução do escopo torna-se mais eficiente.

Logo, ao seguir esses passos sobre como montar um canteiro de obras, você consegue atingir seu objetivo: ter um espaço que oferece maior produtividade e segurança aos profissionais envolvidos.

Gostou do nosso post? Aproveite a visita ao blog para curtir nossa página no Facebook e receber nossas atualizações de conteúdo!

Boas práticas
Talvez você também goste:

Receba conteúdos em seu e-mail!

    Conteúdos recomendados

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Preencha esse campo
    Preencha esse campo
    Digite um endereço de e-mail válido.
    Você precisa concordar com os termos para prosseguir