1 Comentário

Como a gestão de obras ajuda a reduzir o tempo na construção civil!

  1. Início
  2. Boas práticas
  3. Como a gestão de obras ajuda a reduzir o tempo na construção civil!

Um dos principais desafios da construção civil é garantir que os projetos sejam entregues dentro do prazo estabelecido. Para lidar com esse problema e os prejuízos que ele representa, muitas empresas estão investindo em soluções de gestão de obras.

O gerenciamento eficiente na construção civil facilita a fiscalização do canteiro e a identificação de fatores que podem resultar em atrasos na entrega — como falta de insumos, equipamentos ou permissões, por exemplo.

Neste artigo, apresentamos a importância de reduzir o tempo de construção de projetos e como a gestão de obras pode ser usada para garantir esse e outros benefícios para a sua empresa. Continue a leitura para conferir!

A importância de reduzir o tempo de obras

O atraso em obras de construção é um problema de grande proporção, uma vez que seu acontecimento pode resultar em perdas financeiras enormes para as empresas do setor.

Isso acontece porque a maioria dos projetos conta com um prazo estipulado para finalização e cláusulas que estabelecem multas e outras consequências negativas quando quebradas — como a perda de contratos subsequentes.

O cenário resulta em frustrações para os clientes e, consequentemente, insatisfação. Assim, as chances de que eles voltem a usar os serviços da empresa são muito baixas. Recomendações negativas podem criar uma imagem ruim do negócio no mercado.

Além disso, passar do prazo estipulado vai além do planejamento da empresa, que precisa alterar sua agenda de trabalho para finalizar o projeto — prática que, normalmente, exige investimentos não esperados.

O papel do gerenciamento de obras

A gestão de obras consiste na adoção de práticas de monitoramento, organização e controle de todas as atividades que acontecem durante o desenvolvimento de um projeto de construção. Entre seus objetivos, se destacam:

  • entrega do projeto dentro do prazo estipulado;
  • custo total dentro do orçamento previsto;
  • cumprimento das normas e regras do mercado;
  • atendimento das exigências do cliente;
  • elaboração e armazenamento de documentos obrigatórios.

Assim, um gerenciamento de obras eficiente é importante para evitar erros e problemas que resultem em custos desnecessários e atrasos na entrega do projeto — como falta de insumos, acidentes e danificação de equipamentos.

Como reduzir o tempo da construção com a gestão de obras

Existem diferentes medidas que podem ser adotadas para lidar com os problemas que resultam em atrasos e aumento do tempo de construção. Abaixo, listamos os principais. Confira!

Planejamento detalhado

Uma gestão de obras eficiente começa com um bom planejamento, ou seja, uma descrição detalhada do projeto e de todas as diretrizes necessárias para sua construção eficiente. O documento deve considerar normas e regras do mercado, bem como as exigências do cliente.

O desenvolvimento do projeto deve ser feito por uma equipe especializada, composta por profissionais de diferentes áreas — como engenheiro civil, engenheiro de custo e arquiteto —, bem como integrantes do time do cliente.

Análise da curva S

A curva S é uma metodologia de análise que consiste na observação da produtividade da equipe no canteiro — que tende a ter picos altos e baixos, se assemelhando à letra “s”. A prática tem como objetivo facilitar a previsão de entrega do projeto.

Isso, porque, ao avaliar o desempenho médio dos colaboradores, é possível estabelecer padrões e estimar a performance futura, identificando se a obra pode ser terminada dentro do prazo caso continue no mesmo ritmo.

Para tanto, é importante estabelecer quais medidas devem ser usadas para medir performance — cumprimento do cronograma, horas trabalhadas etc. Um método de coleta confiável também deve ser usado.

Elaboração de checklist

A checklist de obras é uma das ferramentas mais eficientes para fiscalizar e acompanhar o andamento de projetos de construção. Com ela, é possível conferir em detalhes cada atividade realizada e comparar o progresso real com o previsto em planejamento.

Sua elaboração pode ser feita de modo manual ou automatizado, com suporte de um software de gestão. O segundo modelo apresenta mais otimização para o controle das atividades, bem como análise de progresso.

Contratações qualificadas

Um erro comum na construção civil é contratar mão de obra qualificada apenas para a elaboração do projeto, optando por profissionais menos preparados para sua execução como forma de minimizar custos.

Apesar de parecer uma boa estratégia, essa prática pode resultar em diversos problemas para a empresa que aumentam o custo total do projeto. Entre eles, alta ocorrência de erros, baixa produtividade e acidentes.

Todos esses fatores não apenas resultam em gastos fora do orçamento, como também podem comprometer a entrega da obra, aumentando o tempo necessário para sua finalização.

Execução de treinamentos

Para minimizar acidentes e erros no canteiro de obras, os profissionais responsáveis por sua gestão, podem investir na execução de treinamentos e momentos de capacitação. Entre os mais adotados, estão:

  • apresentação do projeto, cronograma, equipes e responsáveis;
  • manuseio e operação de equipamentos;
  • boas práticas e regras de circulação no canteiro;
  • importância do uso de equipamentos de proteção individual (EPI).

Quando adotados, é importante incluir a execução dos treinamentos no cronograma e orçamento final do projeto.

Investimento em tecnologia

O investimento em tecnologia é uma tendência importante para todos os setores, inclusive a construção civil. Existem diversas opções de ferramentas, softwares e sistemas que facilitam a gestão de obras e contribuem para a redução do tempo de desenvolvimento do projeto. Entre elas, se destacam:

  • software de desenvolvimento de projeto, como o AutoCAD;
  • software de gestão de obras;
  • tecnologia BIM (Building Information Model);
  • equipamentos e maquinários com inteligência artificial.

Motivos para adotar um software de gestão de obras

O software de gestão de obras é uma ferramenta que promove diversos benefícios para as empresas da construção civil. Entre eles, temos maior controle sobre os projetos e facilidade para fiscalização e elaboração de documentos.

Um sistema de qualidade oferece a possibilidade de acompanhar indicadores, realizar checklists e monitorar de forma detalhada todos os projetos em andamento. Alguns podem ser personalizados conforme as necessidades da empresa, garantindo fácil usabilidade e adoção por parte dos profissionais.

Fica evidente que essa ferramenta facilita a gestão, bem como contribui para a redução do tempo de construção dos projetos. Além disso, adotar diferentes práticas de gerenciamento ajuda não apenas a alcançar esse objetivo, mas também a aumentar a lucratividade da empresa.

Se você gostou de conhecer mais sobre a importância de reduzir o tempo de execução fazendo uma gestão de obras eficiente, não deixe de curtir a nossa página do Facebook para receber outros conteúdos como este!

Boas práticas
Talvez você também goste:

Receba conteúdos em seu e-mail!

    Conteúdos recomendados

    1 Comentário. Deixe novo

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Preencha esse campo
    Preencha esse campo
    Digite um endereço de e-mail válido.
    Você precisa concordar com os termos para prosseguir