4 dicas para economizar energia elétrica no canteiro de obras

  1. Início
  2. Meio Ambiente
  3. 4 dicas para economizar energia elétrica no canteiro de obras

Economizar energia elétrica no canteiro de obras costuma ser um grande desafio. Isso porque muitos profissionais se esquecem de um detalhe muito importante: a economia de energia precisa se tornar um hábito.

Antes de reduzir os gastos, é indispensável saber de quanto é o consumo. Afinal, uma obra demanda energia elétrica, por conta do uso de diversos equipamentos — de pequenas furadeiras a grandes elevadores.

Sendo assim, essas estimativas de consumo fazem toda a diferença, inclusive em seu método de trabalho. Mas por onde começar a fazer isso? E que tipos de gastos são passíveis de cortes? Neste artigo, separamos 4 dicas que ajudam a responder essas perguntas e que, se seguidas, podem levar a economia de eletricidade no canteiro de obras. Confira!

1. Reduza o consumo de iluminação

A primeira etapa para economizar energia elétrica no canteiro de obras é reduzir o consumo de iluminação. Tente trocar todas as lâmpadas incandescentes por versões fluorescentes ou LED, pois são mais econômicas.

Ambas as opções geram, em média, uma economia de 30% na conta mensal. O que pode promover uma folga financeira, redirecionando recursos que possam otimizar outros serviços. Essa providência ainda fornece ambientes com maior visibilidade e mais frescor, já que se trata de lâmpadas frias.

2. Organize e controle os aparelhos que demandam uso de energia

Em seguida, é hora de organizar e controlar todos os aparelhos que precisam de energia elétrica para funcionar. Liste cada um deles e separe de acordo com a quantidade de horas e frequência que serão utilizados diariamente.

Verifique, também, quantas vezes eles serão usados até o fim da obra. Não se esqueça de considerar equipamentos localizados nas instalações provisórias do canteiro, como escritórios e refeitórios. Uma simples planilha no computador ou um software de gestão confiável são suficientes para manter essa visão geral.

3. Avalie como será o condicionamento de ar

Investir em aparelhos que garantam condicionamento de ar nem sempre é a melhor alternativa, apesar da praticidade desta tecnologia. Seu consumo é muito alto, o que eleva os gastos a valores exorbitantes e difíceis de controlar.

Diante disso, vale procurar outras soluções mais acessíveis, baratas e interessantes para as instalações, que sejam eficientes e econômicas. O ideal seria implementar um projeto específico, que consiga demonstrar a melhor maneira de aproveitar as condições de iluminação e ventilação naturais, de modo que ofereça mais conforto e tranquilidade a todos.

4. Adote boas práticas para economizar energia elétrica no canteiro de obras

Essa nossa última dica é bem básica: adote boas práticas nas atividades. Da mesma maneira que fazemos em casa, desligue aparelhos que não estiverem em uso, e retire, inclusive, da tomada.

Quando não houver expediente, sempre mantenha luzes de instalações desligadas, e tente evitar o excesso de equipamentos funcionando ao mesmo tempo. Definir a vez de cada um evita sobrecarga e até mesmo riscos de alguma falha que possa atrapalhar o andamento da obra.

Diante dessas sugestões, você pode ver que economizar energia elétrica no canteiro de obras não é tão difícil. Basta, apenas, ter um pouco de disciplina e conscientizar toda a equipe sobre essas pequenas regras.

Assim, além de economizar, a construção civil fica muito mais sustentável! E essa é apenas uma das principais tendências do setor. Conheça outras três e fique de olho para colocá-las em prática, também.

Meio Ambiente
Talvez você também goste:

Receba conteúdos em seu e-mail!

    Conteúdos recomendados

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Preencha esse campo
    Preencha esse campo
    Digite um endereço de e-mail válido.
    Você precisa concordar com os termos para prosseguir