Como aproveitar o crescimento do mercado da construção civil?

  1. Início
  2. Construção
  3. Como aproveitar o crescimento do mercado da construção civil?

O mercado da construção civil se organiza para 2020 com muito otimismo. Apesar da crise dos anos anteriores, os resultados mostram uma inflação mais moderada. Com isso, as taxas de juros já não crescem tanto e, em alguns casos, são até reduzidas.

No entanto, entrar no curso de crescimento não é problema, adote novas tecnologias e alinhe novos processos internos. Essas medidas podem ser o diferencial para seu negócio ser mais competitivo. Pense nisso!

Ainda assim, no decorrer do texto, vamos apresentar um panorama do mercado e as previsões de crescimento para 2020. Acompanhe!

Perspectivas de crescimento em 2020

Com a ascensão do mercado imobiliário, o Produto Interno Bruto (PIB) de 2019 foi de 2%, o que representou um cenário bastante promissor para o setor. Aliás, para o ano de 2020 as projeções são de que tenha uma expansão da ordem de 3%.

As edificações residenciais aumentará o ritmo de crescimento, projetado pelo segmento de serviços especializados, no que diz respeito as obras de infraestrutura, devem seguir em um ritmo mais lento de recuperação. A expectativa é que as licitações aconteçam aina neste ano, mas, os trabalhos só iniciam em 2021.

Com um ambiente mais positivo, a contratação com carteira assinada cresceu em 2019 1,59% isso representou 36,5 mil postos de trabalho. Certamente esse panorama, atribuído principalmente às baixas taxas de juros e ao controle da inflação, as contratações tendem a aumentar até o final do ano.

A retomada do crescimento

No que se refere ao índice de confiança do empresário da indústria da construção civil (ICEI-Construção), ele subiu 0,9 pontos em relação a dezembro de 2019 e atingiu o patamar de 64 pontos, o maior desde dezembro de 2010.

O índice, acima da média histórica, puxado principalmente pela sensação de melhoria das circunstâncias atuais da economia brasileira, como também, pelo aumento da disposição em investir. A melhora da confiança é confirmada pela alta nas vendas de cimento para o mercado interno, um importante termômetro da construção civil.

Expectativas de vendas no mercado da construção civil

A previsão de construção para este ano é grande. A estimativa é de 10% a 15% nas vendas dos imóveis de médio e alto padrão. Os financiamentos imobiliários que utilizam os recursos das cadernetas do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) atingiu a marca de R$ 5,77 bilhões em abril.

Já foram aplicados no setor R$ 21,4 bilhões para a construção de imóveis com recursos do SBPE. No segmento popular, os recursos são do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e o ritmo dos contratos se mantêm estáveis. Entretanto, os novos lançamentos cresceram e as vendas atingiram o valor de R$ 1,309 bilhão.

O crescimento da construção civil em 2020

Mesmo com a oferta crescente do número de vagas, um resultado esperado, é relevante destacar que a perspectiva é de que as principais vagas sejam, nesse primeiro momento, por profissionais especializados e qualificados.

Por outro lado, não falamos apenas das construtoras, mas dos consumidores que estão propensos a correr riscos na hora de adquirir imóveis ou lançamentos de novos empreendimentos. Outro fator determinante para o bom resultado é que os custos dos financiamentos imobiliários estão em fase de declínio.

Logo, a principal tendência é que as construtoras tenham mais obras, principalmente no setor de moradia.

Como aproveitar as oportunidades

Para começar um novo ano com pé direito, faça uma revisão de todos os seus processos. O crescimento de qualquer empresa decorre de saber o que deu errado e o que pode ser melhorado e, impedir que os mesmos problemas teimam em se repetir.

Na construção civil, a única maneira de tornar melhores os futuros negócios e ter o máximo de retorno nas edificações, é fazer esse exame. Todo projeto bem desenvolvido garante lucratividade mas, para isso acontecer é preciso estar desempenhando adequadamente e em sintonia com todos os departamentos da empresa.

Não confunda gestão de riscos com solução de problemas, veja como uma ação de prevenção. Por intermédio dela, mesmo antes de começar a execução do projeto, a construtora já identifica pontos que podem prejudicar toda a obra.

Analisar o cenário, o clima da região e as falhas que aconteceram em construções anteriores, prepara você não para solucionar possíveis impasses, mas para tomar todas as providências necessárias para que elas não aconteçam novamente.

É hora de repensar e corrigir erros, adotar novas tecnologias de construção, inovar é a palavra de ordem. Seu negócio tem potencial e não precisa de muito para melhorar os resultados, basta que você não se desespere e aproveite as oportunidades que vão surgindo. Garantir o máximo de retorno no seu investimento e, consequentemente, no das pessoas que trabalham com você.

A queda na taxa SELIC e a construção civil

A taxa básica de juros do mercado financeiro, a SELIC (Sistema Especial de Liquidação e Custódia), vem atingindo índices baixos como nunca visto antes. Essa queda mudou os ânimos e aumentou o interesse por investimentos no mercado imobiliário. Sem dúvida, as condições de financiamento ficam melhores.

De tal forma que, certamente atrai mais consumidores. Por isso com as taxas de juros mais baixas a população pode investir nos novos lançamentos. Além disso, diversos bancos vêm revendo sua política de juros, as quedas forçam uma competitividade maior entre as instituições financeiras, fazendo com que todos reduzam suas taxas e facilitam melhores negociações.

Tudo isso cria um cenário muito positivo, com o aumento nos lançamentos de imóveis e a diminuição dos estoques, isso fomenta um equilíbrio nos preços e favorece as incorporadoras como também as construtoras. O cenário atual é muito oportuno para quem deseja comprar ou vender imóveis. A avaliação é que ocorra mais lançamentos e sejam mais valorizados.

A tendência do mercado da construção civil é de crescimento em 2020. O ano começou bem, aproveitando os bons ventos do final de 2019, e os números seguem crescendo. Outro ponto importante é o índice de expectativas, que mede a confiança do empresariado do setor, cresceu e muito.

Você ainda tem dúvidas de que 2020 será o ano da Construção Civil? Acompanhe nossas postagens e fique sempre por dentro dos assuntos mais importantes ligados ao setor de construção civil. Então, assine nossa newsletter!

Construção
Talvez você também goste:

Receba conteúdos em seu e-mail!

    Conteúdos recomendados

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Preencha esse campo
    Preencha esse campo
    Digite um endereço de e-mail válido.
    Você precisa concordar com os termos para prosseguir