Construção 4.0: veja seu impacto no mercado internacional e brasileiro

  1. Início
  2. Tecnologia
  3. Construção 4.0: veja seu impacto no mercado internacional e brasileiro

O constante avanço da tecnologia contribui para aumentar a produtividade em diferentes setores. Com isso, as empresas de construção estão abrindo seus processos para melhorias, seja na parte de planejamento e projetos, seja na parte da execução do empreendimento. Esse movimento tem sido chamado de construção 4.0, e oferece diversas vantagens para a empresa e seus clientes.

Esse conceito está totalmente relacionado com o desenvolvimento de novas formas de conduzir os negócios, que apresentam necessidades cada vez mais específicas. Mas, para aproveitar todos os benefícios dessa evolução tecnológica, é preciso saber como implementá-la da forma correta.

Se você quer saber mais sobre a construção 4.0 e como ela pode mudar o cenário da construção civil, continue a leitura deste artigo!

O que é a construção 4.0?

O conceito de construção 4.0 nasceu da chamada indústria 4.0, que é considerada a 4ª Revolução Industrial. Nela, acontece a evolução dos sistemas produtivos, armazenamento de dados na nuvem, robótica e análise de dados; tudo de forma integrada.

Essa evolução aconteceu com o auxílio do grande avanço da capacidade dos computadores e do enorme volume de dados digitalizados. Dessa forma, na indústria 4.0, predominam no chão de fábrica as máquinas inteligentes, e não mais a mão de obra.

Da mesma maneira, a indústria da construção tem passado por essa mudanças, o que traz o aumento da competitividade e da produtividade, assim como a redução de custos. A construção 4.0 começa com máquinas e tecnologias que já são muito utilizadas em alguns países, como os drones para monitorar as obras e os robôs de demolição.

Além disso, essa revolução na indústria da construção confere maior destaque aos produtos BIM (Modelagem da Informação da Construção), às impressoras 3D, à análise de Big Data e à realidade virtual e aumentada.

Veja quais são as principais tendências que surgiram com a construção 4.0 e vêm se destacando nos escritórios e canteiros de obras:

  • geolocalização de alta definição: essa ferramenta evita erros entre as condições reais do solo e o que consta no projeto;
  • BIM 5D: permite a representação digital juntamente com informações sobre o planejamento, custos e cronograma de execução da construção;
  • colaboração digital e mobilidade;
  • análise avançada de dados;
  • novos materiais.

Quais são os benefícios da construção 4.0?

A chegada de novas tecnologias no setor da construção civil está gerando muitas mudanças positivas, que vão desde o planejamento até os processos de controle e gestão de obras. Os benefícios também estão presentes na gestão financeira, estratégica e comercial da empresa.

Confira agora quais são as principais vantagens da construção 4.0 no mercado.

Aumento da produtividade

Um dos aspectos mais atrativos para todos os gestores com a entrada de novas tecnologias é o aumento da produtividade. Isso é possível por meio da automação de etapas importantes, como é o caso da análise de informações. Dessa maneira, os gestores têm mais tempo e disponibilidade para controlar as operações e serviços, gerando melhores resultados para o negócio.

Além disso, melhorar os processos com o auxílio da tecnologia ajuda a diminuir as ocorrências de erros e retrabalhos. Ter um gerenciamento centralizado gera melhores decisões, proporcionando um cronograma físico-financeiro mais realista e agilizado.

Aumento da qualidade

A construção 4.0 tem um papel muito importante no aumento da qualidade dos serviços cruciais para a execução de um empreendimento. Os softwares de gestão, por exemplo, permitem controlar e encontrar com facilidade o cadastro de contratos e fornecedores, garantindo a disponibilidade desses profissionais e dos materiais necessários nas obras em andamento.

Otimização da gestão

Um dos objetivos da evolução tecnológica no setor da construção civil é facilitar o gerenciamento de projetos e obras. Todas as etapas do empreendimento geram muitas informações, e é preciso ter visibilidade e controle sobre todas elas. Sendo assim, a tecnologia visa elaborar gráficos de controle, centralizar essas informações e facilitar o seu acesso. Com isso, o controle passa a fluir de forma otimizada e de acordo com as metas da empresa.

Acessibilidade para empresas de todos os portes

A chegada da construção 4.0 não se aplica apenas a grandes construtoras, incorporadoras e empreiteiras. Atualmente, pequenos e médios negócios podem adotar esses recursos e ferramentas para conquistar um diferencial competitivo no mercado. Nos softwares de gestão, por exemplo, é possível utilizar ferramentas que se adaptam às empresas de menor porte e que oferecem uma boa performance operacional. Essa acessibilidade leva ao aumento da competitividade.

Aumento da competitividade

Os impactos benéficos da construção 4.0 promovem a competitividade no setor por meio do aumento da produtividade das construtoras e da qualidade dos empreendimentos, o que resulta na redução de custos e na possibilidade de ampliar os investimentos. Além disso, oferecer construções com alta qualidade ajuda na conquista de novos clientes, e uma boa gestão propicia a expansão dos negócios.

Quais são os obstáculos da construção 4.0 no Brasil?

Com relação aos resultados, a chegada da construção 4.0 só traz vantagens. Contudo, existem alguns pontos que merecem atenção na hora de unir esse conceito ao setor da construção civil. Um dos aspectos negativos está relacionado ao cenário macroeconômico. No Brasil, o nível de industrialização do setor ainda é baixo, se comparado a grandes potências, e isso é refletido no uso de tecnologia.

O potencial do mercado é grande, mas são necessárias algumas estruturas para consolidar esse desenvolvimento proposto pela construção 4.0. Afinal, a construtora pode apresentar grande automação, mas ter que enfrentar a falta de materiais ou de mão de obra especializada.

Por esse motivo, existe uma grande demanda de trabalhadores cada vez mais qualificados, o que pode diminuir a oferta de empregos operacionais no setor. Também se torna necessário um investimento na formação dos profissionais para aproveitar todo o potencial proposto por essa oportunidade.

Como você viu, a construção 4.0 está diretamente relacionada com a 4ª revolução industrial, o que traz novos desafios para o setor. Porém, essa tendência é muito positiva para mercado e para os gestores que buscam novos processos para otimizar recursos, reduzir custos e aumentar a produtividade.

Agora que você já sabe o que é a construção 4.0, veja quais são os principais benefícios da tecnologia no canteiro de obras!

Tecnologia
Talvez você também goste:

Receba conteúdos em seu e-mail!

    Conteúdos recomendados

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Preencha esse campo
    Preencha esse campo
    Digite um endereço de e-mail válido.
    Você precisa concordar com os termos para prosseguir